Counter

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Pé na Porta



“Pé na Porta” e deixar sair a criança que existe em cada um.

“Pé na Porta - Comedy Show”, sob a direção geral de Fernando Caruso, é composto por esquetes humorísticos desenhados no palco pela veia quase infantil de Bruna Campelo e pelo punho amadurecido de Léo Castro, promovendo uma química equilibrada muito palatável para o público adulto.
Lamentavelmente, alguns esquetes pecam pela sua longa duração e se tornam uma morosa busca pelas pegadas cômicas, mas que não desqualifica os esforços da dupla que consegue a proeza de tirar gargalhadas da platéia a partir dos textos ingênuos e, ao mesmo tempo, criativos, estampados, por exemplo, no modus comunicandi do óbito de um “tio” a um grupo de crianças de um pré-escolar e na evolução de um diretor frente a sua escola de samba na Avenida em precisa sincronia corporal e vocal a junto à sonorização por parte de Castro.
A recompensa se dá ao final do espetáculo - portanto, aqui vai uma dica do Circuito Geral aos espectadores que venham a ler esta resenha antes de assistirem à comédia: não abandonem a platéia antes do término da apresentação, pois é chegada a hora de pôr o “Pé na Porta” e deixar sair a criança que existe em cada um.

Sem dúvida, trata-se de um programa cuja diversão é garantida e privilegia os espectadores pela oportunidade de testemunhar a eclosão de dois carismáticos, talentosos e promissores comediantes que, muito em breve, estarão dentre os mais badalados nas mídias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário