Counter

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

CG - Costa do Descobrimento part 05


“Diversité” – Porto Seguro - BA

“Diversité”, em sua terceira edição na cidade de Porto Seguro – BA trata-se de um espetáculo produzido pela Academia Olímpia sob a direção do não menos que o 23 vezes campeão baiano de Karatê, Carlos Vieira.
O Circuito Geral esteve presente na segunda dentre as duas únicas apresentações ocorridas no Centro Cultural da Cidade, nos dias 19 e 20 de dezembro de 2014, e teve o prazer de constatar uma das mais incríveis produções para o porte e vocação cultural da cidade de Porto Seguro.
A proposta do espetáculo tem como objeto as modalidades esportivas desenvolvidas na Academia Olímpia – karatê, dança do ventre, ballet clássico e contemporâneo. O corpo performático do espetáculo é composto por alunos da instituição, de todas as faixas etárias, além de estrelas especialmente convidadas, consagradas do corpo de bailarinos da Escola Bolshoi – Roberta Kassebi e Deoli Rodrigues, e da dupla de percussionistas japoneses, trazidos do Japão para o evento, que presenteou a plateia com uma extasiante apresentação de taiko – uma emoção a cada batida dos tambores.
A produção do espetáculo primou pelos detalhes e zelo para com o público - o material de divulgação, as boas vindas ao espetáculo ao som de um saxofonista, a programação visual de orientação na plateia e o suporte permanente prestado por seus assistentes. Os recursos cênicos extrapolam, em muito, a de muitas produções em grandes centros urbanos no que tange ao cenário, iluminação, som, figurino, visagismo e demais operações.
A plateia era lotada por apreciadores das artes, por figuras públicas e por empresários, muitos deles, responsáveis pelo sucesso do espetáculo devido ao patrocínio e apoio que deram, não somente à realização do “Diversité”, mas uma contribuição sem igual à disseminação da cultura, disciplina, cidadania, inclusão e formação de toda uma promissora nova geração de atletas e artistas – um evento que se torna obrigatório no calendário da cultura de Porto Seguro.
A diversidade artística desenhada ao longo de toda a apresentação eclode, com o derradeiro número apresentado pelo ousado campeão brasileiro de Karatê e mentor do espetáculo – demostrando o quanto a disciplina e profissionalismo são fundamentais para que um sonho se torne realidade e finque raízes – em sua apresentação solo, tecnicamente inovadora, quando luta com a sua própria sombra.  Metaforizando, através deste número, Vieira nos põe frente a frente com nossos próprios inimigos – nós mesmos.
Reunidos no palco, ao final do espetáculo, o corpo performático e equipe, sob os aplausos incessáveis da plateia, “Diversité” se consagra numa experiência sensorial, com a aspersão de fragrância aromatizadora produzida por uma das mais consagradas casas do ramo de Porto Seguro, como parte essencial dos apoiadores patrocinadores desse grandioso espetáculo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário