Counter

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Cassia Eller


O hilário depoimento de Ângela Rô Rô sobre a canção “Malandragem” são pérolas que refletem a marcante personalidade de Cássia Eller

São cento e dez minutos de intensa emoção e de descobertas sobre a mais inquietante dentre as artistas nacionais – a produção cinematográfica “Cássia Eller” desnuda toda a sua estrondosa carreira.
A tecnologia do videografismo, habilmente utilizada ao longo de todo o trabalho, manipula camadas de imagens bidimensionais temporalizadas, transformando a escassez de pixels das imagens do século passado em verdadeiras obras de arte estilo pop, nesse marco da cinematografia bibliográfica, travestida em documentário, sob a direção de Paulo Henrique Fontenelle.
Os testemunhos de Nando Reis, de Zélia Ducan, de Oswaldo Montenegro e o hilário depoimento de Ângela Rô Rô sobre a canção “Malandragem” são pérolas que refletem a marcante personalidade de Cássia Eller que, através do forte controle de sua voz, meandrava dentre sucessos de Edith Piaf a Nirvana.
Assistir ao trabalho de Fontenelle é se entregar às lembranças de tantos sucessos como ao som do melhor de uma celebridade, modesta por auto julgamento - que rasgava o couro com os dentes e beijava uma flor sem machucar.


https://www.facebook.com/curtocircuitocultural

Nenhum comentário:

Postar um comentário