Counter

sábado, 2 de janeiro de 2016

Réveillon do Morro 2016


Virada do ano 2015-2016 – o Circuito Geral se faz presente na vigésima edição do Réveillon do Morro da Urca.

A abertura das catracas, precisamente às 21:00, dá boas vindas ao público que, conduzidos pelo Bondinho do Pão de Açúcar - cerca de 200 metros do nível do mar, até o Morro da Urca - é recepcionado à base de Chandon Réserve Brut, ao mesmo tempo em que George Israel se apresenta no anfiteatro, com seu show – “Sax Live”.  Sob a chefia e organização do Cota 200 Restaurante, dá-se início ao momento de degustação de um farto e diversificado cardápio tipicamente brasileiro, distribuído em três ilhas de buffets e bares, cercados por generosas mesas devidamente decoradas com temática alusiva ao Réveillon  –  o início das horas finais de 2015, durante as quais muito ainda estava por acontecer.

A partir das 22:30, o Bondinho transporta os devidamente credenciados a 396 metros, até o Pão de Açúcar onde – sob o som do DJ Janot – a pista de dança os recepciona com taças exclusivas de Champagne Veuve Clicquot Brut e com outro buffet montado com sanduíches, frios, frutas frescas, frutas secas e oleaginosas. Diversos mirantes, localizados em planos diferenciados, comportam confortavelmente o público durante a contagem regressiva para o término de 2015, promovendo a espetacular e inigualável visão da queima dos fogos de Copacabana.

A 01:30, é anunciado o retorno compulsório ao Morro da Urca, onde um novo buffet de sobremesas adoça o paladar do público, ao som do show disco da “Banda Soul Quem Quiser”, seguido da contagiante batida funk e do som pop, por conta do DJ João Rodrigo. Às 03:00, o anfiteatro é tomado pela Bateria da Escola de Samba Unidos da Tijuca, dando boas vindas ao ano que acaba de nascer, até às 04:00.


Razões não faltam para que o Réveillon no Morro da Urca seja considerado um dos melhores lugares – quiçá, o local com vista panorâmica mais privilegiada dentre os cartões postais da Cidade do Rio de Janeiro – para se passar a virada do ano novo, sob a realização de uma eficientíssima equipe de produção, capacitada para atender toda a sorte do público que se faz presente, composta por nativos e por turistas nacionais e internacionais – conforme constatado pela nossa equipe de redatores do Circuito Geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário