Counter

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

CASACOR 2017 Rio de Janeiro


Na cobertura do edifício, no 21º andar, a 85 metros de altura, o público se depara com uma vista 360º para todo o patrimônio natural e urbano que a região oferece à cidade, e pode vivenciar experiências em uma área ocupada por sete lofts (69 a 99m²), quatro estúdios (51 a 62m²), seis espaços de convivência com diferentes conceitos e uma cozinha gourmet. Uma sala multimídia e uma sala de reuniões são os espaços destinados a palestras, workshops e bate-papos. Os projetos aproveitarão as características do pavimento, que possui pé-direito amplo, com estilo penthouse. As duas extremidades são ocupadas por um SPA, de um lado, e por um bar de drinques e um observatório, do outro.


O loft tem sala integrada com cozinha, quarto e banheiro com duas portas (uma para o quarto e outra para a sala), mas os ambientes podem ser isolados por um sistema de divisórias deslizantes com estética minimalista, de aço com vidro reflexivo, que privilegia a passagem da luz.


Em 64 m², o espaço é minimalista e tem decoração contemporânea, com cores claras e tecnologia de ponta. Todo o ambiente foi revestido em painéis com acabamentos em laca metalizada e amadeirado, desenvolvidos pela estilista Glória Coelho com exclusividade para Dell Anno, unindo a arquitetura e a moda com o conceito de "vestir a casa".


Um espaço conceitual que tem como proposta mexer com as sensações, aliando cinema e arte. O projeto de Bianca e Jacira foi concebido em duas partes – a primeira consiste em uma caixa de concreto que cumpre a função de uma galeria de arte e que dá acesso ao interior da segundo ambiente: um lounge com pé-direito alto, com ambientes de estar independentes e telões que interagem com o espectador.


Um apartamento criado para ser um apoio para um empresário de fora que trabalha no AQWA e que, quando estiver no Rio, vai morar no Lumina, empreendimento residencial vizinho.


Um loft projetado para um casal. Dois homens? Duas mulheres? Um homem e uma mulher? O Studio Ro+Ca quebra tabus na CASACOR Rio 2017 com o projeto para o casal U, de “Undefined”. Um espaço livre, sem sexo, sem rótulos!


Um pórtico de metal bruto marca o centro do espaço com cinco totens onde são exibidas as joias. Ao redor dele, estão quatro lounges com sofás arredondados em veludo, poltronas e banquetas ovais.  Tudo fluido, leve, mas marcante. O tom azul tiffany vem em um painel que rasga uma das paredes. O teto mostra vigas e tubulações aparentes − o industrial contracenando com o requinte do veludo e do mármore e metais polidos das mesas, um “high-low” que aproxima as pessoas das peças.


A arquiteta tira partido da luz, ora natural, ora artificial, através do efeito de backlights atrás de painéis de treliça dourada e preta que ficam atrás da cama, proporcionando um efeito natural e muito agradável.


A narrativa acontece no diálogo entre o passado e o presente e é traduzido na escolha de peças de antiquário, carregadas de histórias, combinado com móveis brasileiros contemporâneos assinados por José Zanine Caldas, Zanini de Zanine e Hugo França, que sintetizam em suas criações o valor pelo “feito à mão”.


Duas divertidas esculturas de Patrícia Secco prometem ganhar a atenção da clientela. Uma delas é um homem de arame, em tamanho natural, de pé, no bar, tomando um drinque. A outra é um balde que despeja gelo, também de arame, sobre um dos lounges.

Dois jardins verticais, com plantas desidratas, criados por Simone Granjeiro conversam com a paisagem do Rio de Janeiro. Tudo isso valorizado pelo projeto de iluminação elegante de Fernanda Vasconcellos. O Sky Line Bar será operado pela Cooking Buffet, de Adriana Mattar e Ana Cecília Gros.


Um espaço confortável para receber amigos, festejar e ficar de bem com a cidade, contemplando a vista mais bonita de todas. Criado a quatro mãos por amigos que têm estilos de projetar bem definidos, o Espaço CoLab, com 90 m², é pensado como o living de uma residência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário