Counter

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Vidas à Deriva



A coragem que triunfa sobre a força da mãe natureza em seus momentos mais alucinantes

Em setembro de 1983, Tami Oldham Ashcraft e seu noivo, Richard Sharp, foram contratados para conduzir um iate de 44 pés em uma viagem de 4.000 milhas, do Taiti a San Diego. Na metade da travessia do Pacífico, o casal se depara com o furacão Raymond – Sharp é jogado ao mar e Ashcraft permanece no iate durante quarenta e um dias, à base de manteiga de amendoim.

Baseado na história real do casal, o cineasta Baltasar Kormákur descreve uma relação de amor e de uma luta por sobrevivência que vai muito além do termo ‘superação’, fazendo de “Vidas à Deriva”, um longa inspirador sobre a coragem que triunfa sobre a força da mãe natureza em seus momentos mais alucinantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário