Counter

sábado, 12 de outubro de 2019

Brasilis - Um Espetáculo Circo da Turma da Mônica



‘Brasilis’ desempenha um papel complementar ao aprendizado e à formação acadêmica da criança, despertando o seu interesse pela cultura nacional num formato lúdico e interativo


A riqueza cultural do Brasil e respectivas regiões em que vivemos servem de fonte de inspiração para a concepção do musical “Brasilis - Circo da Turma da Mônica”, pelo cartunista, empresário e escritor brasileiro Maurício de Sousa. Com base na obra original de Christiano Metri e Rafael Calça, cujo foco é definido pela compreensão do real significado do termo ‘diversidade cultural’, ‘Brasilis’ desempenha um papel complementar ao aprendizado e à formação acadêmica da criança, despertando o seu interesse pela cultura nacional num formato lúdico e interativo.

Sob o céu estrelado de uma Vila chamada Abobrinha, Mônica, Magali, Cebolinha, Cascão e Chico Bento conversam sobre as diferenças entre cidade e roça, sob diversos aspectos, tais como: linguagem regional, vestuário, culinária, dança, credo e tradições que, costurados pelo fio condutor da diversidade cultural, formatam um espetáculo amigável para espectadores de todas as faixas etárias e de todas as gerações que vêm acompanhando o trabalho de Maurício de Sousa desde 1959.

A produção do espetáculo, que exercita o seu faro pelas artes infanto-juvenis, reinventa o humor da veterana atriz Fafi Siqueira e direciona seu talento para o público infantil, convidando-a para desempenhar o papel de Vó Dita, que participa da conversa junto à turminha e, amparada por toda a experiência conquistada pela idosa personagem, conta diversas histórias sobre as nossas origens, através dos indígenas e respectivos folclores, dos europeus e dos negros. Dessa forma, abre-se um leque de temas que formam a base de um espetáculo repleto de aventuras, conduzidas pela turma criada por Maurício de Sousa, com a participação especial dos personagens indígenas Papa-Capim e Jurema e da personagem afrodescendente, recentemente criada, Milena. A propriedade do argumento do espetáculo aliada ao conteúdo e à dinâmica do roteiro adaptado por Mauro Sousa, Pedro Cameron e Mauricio de Sousa Produções são ingredientes preciosos para a harmoniosa direção de Mauro de Sousa que confere, ao espetáculo, o status de um canal de entretenimento e de aprendizado que promove uma experiência inédita junto ao espectador mirim, como se hipnotizados por luzes, sons, cores, fantasia e uma overdose de realidade, levada ao palco, capaz de lhes garantir uma formação como cidadãos conscientes e livres de preconceito.

O regionalismo sócio-geográfico é rica e ludicamente estampado no palco pela cenografia de J.C. Serroni com pluralismo que dialoga com as variadas culturas presentes no território nacional. O figurino de Carol Barreto enaltece a riqueza inerente a cada uma das cinco regiões do país, e confere, aos números musicais, o perfeito diálogo com os movimentos dos artistas, sejam através das coreografias ou pela plástica que confere às vestimentas, juntamente com alegorias e complementos cenográficos, o status de esculturas em movimento.

‘Brasilis’ também conta com a inestimável presença de Paula Lima como cantora convidada e com a mais que adequada participação musical especial do Olodum, potencializando os números musicais de ‘Brasilis’ de tal forma a demonstrar o respeito da produção do espetáculo para com o seu público alvo que, certamente, sai da sala de espetáculos, enxertados com sementes capazes de formar indivíduos segundo princípios definidos pela ética, pela cidadania e pela dignidade que definem os deveres e direitos de todo ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário