quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Pink Floyd Experience in Concert



Uma noite soberba a uma legião de fãs da banda britânica mais influente e bem-sucedida da história do rock


Em única apresentação – sábado, dia 16 de novembro de 2019, no Teatro VillageMall, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – o fascinante show “Pink Floyd Experience in Concert” oferece uma noite soberba a uma legião de fãs da banda britânica mais influente e bem-sucedida da história do rock. Sem qualquer demérito para com o espetáculo, não se trata de show de uma banda cover, mas um tributo, mais do que respeitoso e generoso, prestado às mentes brilhantes e únicas, de David Gilmour e Rogert Waters.

A genialidade contida na experiência musical tem início com ‘Shine on you crazy diamond” que arrebata a plateia, surpreendida  pelos primeiros acordes e efeitos visuais promovidos pelas projeções em mapping 3D e pelo pirotécnico desenho de luz, que acompanham os embalos de sucessos consagrados da banda, tais como: ‘Wish you were here’, ‘Time’ e ‘Money’. Fato notório, a banda transita por entre sutis variações dos arranjos originais das gravações de estúdio sem, com isso, prejudicar a sua leitura e credibilidade por parte do espectador.

O clímax tão esperado pelo público em transe e sedento por mais “Pink Floyd” acontece ao final da apresentação – sob as luzes e sons de helicópteros que simulam sobrevoo na plateia e que assumem a ótica e a acústica da sala de apresentação – com a apresentação de  ‘Another Brick in the Wall’.

Assumem, à frente da banda, três interativos instrumentistas – de guitarra, de violão e de baixo – dois dos quais, vocalistas masculinos. Bateria e teclado dividem o segundo plano do palco com a surpreendente backing vocal feminina. A generosidade do projeto leva ao palco uma compacta orquestra regida pelo maestro Eduardo Pereira, que faz de cada canção um espetáculo à parte ao promover emoção coletiva para todos os presentes no teatro lotado, em pleno feriadão, na cidade do Rio de Janeiro.

O bis ratifica não se tratar, apenas, de um banda que canta e toca músicas do Pink Floyd, mas um grupo que presta seu testemunho de paixão e louvor à banda icônica do rock, visivelmente entregue ao seu ofício quando da interpretação de ‘Comfortably numb’ – que fecha a inesquecível noite de show que se enquadra na categoria "não perca esse espetáculo quando de seu retorno ao Brasil”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário