CORCUNDA – dueto para ator e catedral gótica - Diálogo entre a arquitetura e as histórias

O ator convida o público a pensar a sua relação com o espaço e a urbanidade


Em curtíssima temporada de 12 apresentações em 4 dias, o ator Mauricio Grecco apresenta no Centro Cultural OI Futuro a primeira etapa do projeto teatral “CORCUNDA – dueto para ator e catedral gótica”. Uma performance do ator Mauricio Grecco que evoca “O Corcunda de Notre-Dame”, obra icônica do romancista, poeta, dramaturgo, ensaísta e estadista francês Victor Hugo (1802-1885), em diálogo com a arquitetura gótica da Catedral de Notre-Dame de Paris.


“CORCUNDA – dueto para ator e catedral gótica” é um trabalho que enxerga a arquitetura como, mais do que uma casca a ser preenchida, uma história a ser contada. A performance propõe um mergulho na narrativa de Hugo que está embutida na arquitetura gótica da catedral.


Poucos sabem que o romance de Victor Hugo foi responsável por salvar a Catedral de Notre-Dame da demolição. Com a revolução francesa e o renascimento, mudou a percepção dos franceses sobre a arquitetura gótica – ela passou a ser desprezada por representar as reminiscências de um passado medieval. Em 1830, a catedral encontrava-se condenada, com as estruturas abaladas devido ao seu uso como fábrica de pólvora durante a revolução. Mas uma história de ficção salvou a edificação: o escritor Victor Hugo, profundo admirador daquela arquitetura e disposto a evitar a sua demolição, escreveu a famosa história do corcunda que vivia escondido em seus interiores, e que um dia se apaixonou pela bela Esmeralda.


O grande sucesso do romance “O Corcunda de Notre Dame” atraiu inúmeros visitantes à catedral, ávidos por ver de perto cada canto em que se passava a celebrada história. O prestígio renovado garantiu à catedral a sua restauração, devolvendo à cidade uma de suas referências mais importantes.


SOBRE A PERFORMANCE

O público de até 10 espectadores por apresentação será recebido por Mauricio Grecco no café junto ao teatro. Aqui, interagindo com uma maquete da catedral, o ator contará, de forma lúdica e performática, sobre o processo de criação da peça. Em seguida, conduzirá o público ao interior do teatro, onde apresentará uma cena do espetáculo relacionada com o início da performance, e já com luz, som e cenário prontos. Através desse mergulho no universo gótico que interliga a catedral ao romance de Victor Hugo, o ator reflete sobre o diálogo entre a arquitetura e as histórias que ela guarda vivas dentro de si.


Numa performance com ênfase no trabalho corporal, o ator convida o público a pensar a sua relação com o espaço e a urbanidade.


FICHA TÉCNICA


Dramaturgia: Daniel Herz, Mauricio Grecco e Tiago Herz

Diretor da peça: Daniel Herz

Elenco: Mauricio Grecco

Cenário e adereços: Doris Rollemberg e Maurício Grecco

Música original: Leandro Castilho

Figurinos e Adereços: Clívia Cohen e Lucila Belcic

Iluminação: Renato Machado

Patrocínio: OI, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Direção de Produção: Marta Paiva

Assessoria de Imprensa: JSPontes Comunicação – João Pontes e Stella Stephany



ESTREIA: dia 28 de agosto de 2021 (sábado), com a 1ª sessão às 16h15

LOCAL: Centro Cultural OI Futuro

- Rua Dois de Dezembro, nº 63, Flamengo / RJ

ENTRADA GRATUITA mediante agendamento no site

DIAS: dias 28 e 29 de agosto (sábado e domingo) e 01 e 02 de setembro de 2021 (quarta e quinta) / HORÁRIOS: 16h15, 16h50 e 17h30 / DURAÇÃO: 15 minutos / CAPACIDADE: 10 espectadores / GÊNERO: performance / CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: livre


8 visualizações0 comentário