top of page

De Tanto Amar

Uma cronologia fragmentada

De Tanto Amar

Qual é o limite entre a saudade e a memória que machuca? Existe fronteira que separa amor e ódio? A dor de uma vida não vivida pode ser compensada em algum momento? São essas reflexões, muitas vezes difíceis de responder, que o espetáculo De Tanto Amar leva para o público. É a segunda incursão do dramaturgo Eddy Fernandes no teatro paulistano.


A peça conta a trajetória de Violeta, mulher brasileira, radicada em Portugal, que depois de enterrar o amante com quem viveu por 40 anos, faz um inventário do relacionamento dos dois – e das próprias escolhas. Ao longo da história, a personagem se transforma na jovem que deixou uma vida segura no seu país para atravessar o oceano em busca de um grande amor.Ela também vira a mulher amargurada, que não pode voltar atrás, porque, ao optar pelo sonho, dinamitou seus vínculos familiares. Violeta, no presente, é a intercessão entre a jovem sonhadora e a mulher desiludida. É também, na voz da atriz Martha Mellinger, Antônio, o português que envolve Violeta e a conduz para uma história que perpassa dor, saudade e paixão.


Ficha Técnica:

Elenco: Martha Mellinger.Texto: Eddy Fernandes.Direção e som: Rodrigo Ferraz e Samira Lochter.Assistência de direção: Carola Valente.Produção: Rodrigo Ferraz.Iluminação e : Thiago Capella.

Design Gráfico: Alex Costa

Fotos: Jones Malfitano

Assessoria de Imprensa: Miriam Bemelmans


Serviço - De Tanto Amar

Monólogo de Martha Mellinger

Temporada até 24 de fevereiro de 2024, sempre sexta e sábado, às 20h30 (Não há sessões no Carnaval) Local: SP Escola de TeatroPraça Franklin Roosevelt, 210

Ingresso: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia-entrada)

Gênero: DramaDuração: 60 minutos

Classificação indicativa: 14 anos


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page