E a Nave vai - A obra reflete sobre a falta de controle do ser humano

Inspirada numa história vivida pelo dramaturgo e diretor Diogo Liberano


As grandes paixões têm o poder de provocar o descontrole, de tirar o sujeito de seu próprio comando. O filósofo Spinoza chama de servidão essa impotência humana para regular e refrear os afetos. Nesse estado de apaixonamento, quem já não se viu tomando atitudes inusitadas ou mesmo nada saudáveis? Até que ponto é possível domar um afeto e tomar a melhor decisão para si mesmo? São esses questionamentos que acompanham “E a Nave vai”, primeira realização audiovisual do Teatro Inominável, que faz uma curta temporada, de 26 a 29 de maio de 2021, às 19h, no canal do YouTube. Com dramaturgia e direção de Diogo Liberano, o filme apresenta o apaixonamento entre Mocinho e Gatão, que se conhecem e querem estar juntos, mas não pelos mesmos motivos.

Ficha Técnica:

Direção, Dramaturgia e Produção: Diogo Liberano

Atuação: Andrêas Gatto, Gunnar Borges e Márcio Machado

Dramaturgismo: Thaís Barros

Direção de Fotografia: Felipe Quintelas

Direção de Fotografia Adicional: Thaís Grechi

Assistência de Câmera: Adassa Martins

Edição e Finalização: Pedro Capello

Trilha Sonora Original: Phil Baptiste e Elisio Freitas

Som Direto: Renato Garcia

Direção de Arte e Figurino: Fabio de Souza e Luiz Wachelke

Produção de Figurino: Gustavo Souza

Caracterização: Cora Marinho

Cenotécnica: Elias Ramos de Souza, Marcinho Domingues e Iuri Wander

Legendagem: Daniel Chediek

Assessoria de Imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)

Design Gráfico: Diogo Liberano

Conteúdo e Comunicação Online: Diogo Liberano e Thaís Barros

Coordenação Financeira e Prestação de Contas: Patrícia Basílio

Produção Executiva: Tainá Louven

Direção de Produção: Ártemis

Realização: Teatro Inominável


Serviço:

E a Nave vai

Temporada: de 26 a 29 de maio de 2021, quarta a sábado, sempre às 19h. No dia 29, após a exibição, haverá um bate-papo dos integrantes do Inominável com um psicanalista convidado.

Ingressos: gratuitos.

Tempo de duração: 45 minutos

Classificação etária: 14 anos


6 visualizações0 comentário