Judas e o Messias Negro - dirigido por Shaka King estreia nos cinemas em 2021

A produção retrata o drama biográfico do jovem ativista Fred Hampton, integrante dos Panteras Negras, morto em 1969 com apenas 21 anos.


O produtor de “Pantera Negra” Ryan Coogler assume seu mais novo projeto cinematográfico em Judas e o Messias Negro, longa dirigido por Shaka King com estreia nos cinemas brasileiros prevista para 25 de fevereiro. Protagonizada por Daniel Kaluuya (de "Corra!", "As Viúvas" e "Pantera Negra") e Lakeith Stanfield (de "Corra!", "Atlanta" e " Millennium: A Garota na Teia de Aranha"), a produção retrata o drama biográfico do jovem ativista Fred Hampton, integrante dos Panteras Negras, morto em 1969 com apenas 21 anos.

Na pele de Fred Hampton, Daniel Kaluuya vive o presidente dos Panteras Negras da filial do estado norte-americano de Illinois, que lutava pela liberdade, o poder de determinar o destino da comunidade negra e o fim da brutalidade policial e do massacre de pessoas negras.

Trailer


2 visualizações0 comentário