Kid Morengueira – Olha o breque! - Monólogo musical idealizado e protagonizado por Édio Nunes

Homenagem a Moreira da Silva


Kid Morengueira – Olha o breque! homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A história poderá ser revista no dia 09 de julho de 2021, com possibilidade de assistir online, pela plataforma Sympla, às 19h.

Vivendo em meio à malandragem, Moreira da Silva imortalizou centenas de canções com letras que retratavam situações pitorescas, muitas vezes parecidas com as que viveu. Inventou o Kid Morengueira - um ‘personagem de si mesmo', um malandro à moda antiga, daqueles que não existem mais e que se entranhou na alma de Moreira a tal ponto que ninguém mais distinguiria onde começa um e termina o outro.

Com texto de Ana Velloso e Andreia Fernandes, direção de Sergio Módena, arranjos direção musical de Ricardo Rente, figurinos e ambientação cênica de Marcelo Marques e iluminação de Fernanda e Tiago Mantovani. Em cena, o ator Édio Nunes, acompanhado dos músicos Fernando Leitzke (teclado), Ricardo Rente (sopro) e Sérgio Conforti (bateria e percussão) leva ao público o universo de Moreira da Silva/Kid Morengueira num pocket musical emocionante e divertido.

O espetáculo é uma grande homenagem a Moreira da Silva, ícone da música brasileira, que fez do samba de breque a sua marca registrada, sendo considerado um dos inventores e grande divulgador do gênero. No palco, Édio Nunes vive a malandragem de Moreira em cenas que misturam a biografia do cantor com a crônica da cidade que cantou em verso e prosa. Um homem de origem simples, um malandro à moda antiga, que pode parecer até politicamente incorreto para alguns, mas que fazia do humor sua navalha fina e implacável, um antídoto até contra ele mesmo. Criou Kid Morengueira, um personagem de si próprio que vive no imaginário popular, personificando o bom malandro, o brasileiro que apesar das dificuldades, encara a vida com bom humor, criatividade e alegria.

ROTEIRO MUSICAL

PARAÍSO DE MALANDRO (Sereno)

HOMENAGEM AO MALANDRO (Chico Buarque)

OLHA O PADILHA (Moreira da Silva / Bruno Gomes / Ferreira Gomes)

AMIGO URSO (Henrique Gonçalez)

1296 MULHERES (Moreira da Silva e Zé Trindade)

NA SUBIDA DO MORRO (Moreira da Silva / Ribeiro Cunha)

ACERTEI NO MILHAR (Wilson Batista e Geraldo Pereira)

FUI AO DENTISTA (Cícero Nunes e Sebastião Fonseca)

O REI DO GATILHO (Miguel Gustavo)

MORENGUEIRA CONTRA 007 (Miguel Gustavo)

O ÚLTIMO DOS MOICANOS (Miguel Gustavo)

FAUSTINA (Gadé)

ESTA NOITE EU TIVE UM SONHO (Wilson Batista e Moreira da Silva)

FUI A PARIS (Moreira da Silva e Roberto Cunha)

FILMANDO NA AMÉRICA (Moreira da Silva e Waldemar Pujol

SAMBA ARISTOCRÁTICO (Moreira da Siulva e José Dilermando)

LAPA DA DECADA DE TRINTA (Dalmo Niterói e M. Micelli)

PISTON DE GAFIEIRA (Billy Blanco)

FICHA TÉCNICA

Idealização e Interpretação: Édio Nunes

Texto: Andreia Fernandes e Ana Velloso

Direção: Sergio Módena

Direção Musical e Arranjos: Ricardo Rente

Músicos: Ricardo Rente, Sérgio Conforti, Fernando Leitzke

Ambientação cênica e figurino: Marcelo Marques

Iluminação: Fernanda Mantovani & Tiago Mantovani

Direção de Movimento: Édio Nunes

Coordenação Técnica – Rodrigo Bispo

Técnico de Som – Filipe Chagas

Projeto Gráfico: Cacau Gondomar

Fotos: Claudia Ribeiro e Débora Garcia

Assessoria de Imprensa: Alessandra Costa

Direção de Produção: Ana Velloso e Vera Novello

Realização e Coordenação: Ricardo Rente Rocha Silva

SERVIÇO

Dia 09/07 (sexta-feira), às 19hs

Espetáculo online

Transmissão e venda de ingressos - Sympla

Classificação - 14 Anos

Duração - 60 minutos

Valor do Ingresso online - R$25,00


3 visualizações0 comentário