Na medida do impossível - Reflete, com humor, sobre nossos medos e sequelas emocionais

Toques de autoficção


Numa madrugada de insônia, uma mulher madura reflete sobre seu processo de afastamento do mundo, iniciado anos antes do começo da pandemia e da necessidade de isolamento social. É o ponto de partida do monólogo “Na medida do impossível”, que estreia, dia 1º de julho de 2022, no Teatro Cândido Mendes, em Ipanema, levando à cena uma discussão bem-humorada sobre saúde mental, solidão e os medos que enfrentamos diante de uma vida que recomeça. Com direção de Victor Garcia Peralta, a autora e atriz Luciana Fregolente volta aos palcos depois de 10 anos na pele de uma tradutora de livros, casada e mãe, que expõe sua crescente dificuldade em se conectar com o ser humano.


Ficha Técnica

Idealização e texto: Luciana Fregolente

Direção: Victor Garcia Peralta

Interpretação: Luciana Fregolente

Cenografia: Adriana Milhomem

Iluminação: Djalma Amaral

Trilha sonora: Antonio Leoni

Programação visual: Humberto Costa

Assessoria de imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)

Mídias sociais: Rafael Teixeira

Fotografias: Carolina Warchavsky

Direção de produção: Isabel Themudo

Produtoras associadas: Luciana Fregolente e Isabel Themudo

Serviço

Na medida do impossível

Temporada: 1º de julho a 1º de outubro de 2022

Teatro Cândido Mendes: Rua Joana Angélica, 63 - Ipanema

Dias e horários: sexta e sábado, às 22h.

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). Vendas na bilheteria e pelo site Sympla

Duração: 55 minutos

Lotação: 103 pessoas

Classificação Etária: 14 anos.


6 visualizações0 comentário