O DIREITO DE VIVER - O caso judicial no qual a Suprema Corte dos EUA reconheceu o direito ao aborto

Uma equipe de ativistas começa a vasculhar os EUA, em busca de uma jovem grávida que eles possam usar para processar o governo pelo seu direito de fazer um aborto


O caso Roe contra Wade, ou O DIREITO DE VIVER, é o caso judicial pelo qual a Suprema Corte dos Estados Unidos reconheceu o direito ao aborto ou interrupção voluntária da gravidez, nos Estados Unidos.

Tudo começa com Margaret Sanger, fundadora da Planned Parenthood, faz um discurso em um comício Ku Klux Klan, descrevendo suas intenções de reduzir o crescimento da população afro-americana por meio da legalização do aborto. Rapidamente, o Dr. Bernard Nathanson, um médico que ganhou notoriedade realizando abortos, junta-se à sua causa, seguido pela feminista Betty Friedan.

Então, uma equipe de ativistas começa a vasculhar os EUA, em busca de uma jovem grávida que eles possam usar para processar o governo pelo seu direito de fazer um aborto. Eles encontram o peão perfeito: uma garota que mal terminou o ensino fundamental, lutando contra a pobreza e outros problemas, chamada Norma McCorvey, que a partir de então seria conhecida como “Jane Roe”. A trama passa a acompanhar Norma e sua equipe jurídica abrindo um processo contra Henry Wade, promotor público do condado de Dallas.

Direção: Cathy Allyn, Nick Loeb

Roteiro: Cathy Allyn, Nick Loeb, Ken Kushner

Elenco: Jon Voight, Nick Loeb, Stacey Dash, Jamie Kennedy, Joey Lawrence, Corbin Bernsen, Greer Grammer, John Schneider, Robert Davi, Steve Guttenberg, William Forsythe, James DuMont, Summer Joy Campbell, Justine Wachsberger

Distribuição: A2 Filmes



LANÇAMENTO NOS CINEMAS 30 DE SETEMBRO DE 2021


1 visualização0 comentário