O Prazer é Todo Nosso - Uma mulher contando, com naturalidade e humor, suas experiências sexuais

Reflexões sobre o papel feminino na sociedade


Depois de estrear em formato digital, Juliana Martins apresenta pela primeira vez ao público presencial a comédia “O Prazer é Todo Nosso” a partir do dia 14 de janeiro de 2022. Narrado com ironia e sinceridade, o texto de Beto Brown é inspirado na vida real da atriz. Dirigido por Bel Kutner, o monólogo sobre prazer sexual e liberdade da mulher fará curtíssima temporada no Teatro Prudential aos sábados e domingos até a 11 de fevereiro de 2022.


A peça mostra uma mulher sozinha em cena contando, com naturalidade e humor, suas experiências sexuais. São confissões pessoais intercaladas com experiências de outras mulheres, relacionando com as conquistas da liberdade e emancipação feminina.


As histórias são entremeadas por reflexões sobre o papel feminino na sociedade, o machismo presente em diversas esferas, histórias de abuso, e sobre o direito da mulher de ter relacionamentos focados na descoberta do prazer sexual.


FICHA TÉCNICA:

Atuação: Juliana Martins

Direção: Bel Kutner

Texto: Beto Brown

Direção de Produção: Jorge Elali

Argumento e Idealização: Juliana Martins

Cenário e Figurino: Domingos de Alcântara

Design de Luz: Lara Cunha e Paulo Denizot

Trilha Sonora: Rodrigo Penna

Fotos: Léo Aversa

Projeto Gráfico: Chris Lima

Assessoria de imprensa: Minas de Ideias

Produtores associados: Juliana Martins e Jorge Elali

Realização: Bubu Produções e Jorge Elali Produções

SEVIÇO:

O PRAZER É TODO NOSSO

Local: Rua Conde de Bernadotte, 26 - Leblon

Temporada: 14 de janeiro a 11 de fevereiro de 2022

Horário: Sexta-feira 20h30

Capacidade: 410 espectadores

Duração: 60 minutos

Gênero: Comédia

Classificação Indicativa : 14 anos


Protocolos: elaborado pelo Dr. Rodrigo Lins, vice-presidente da Sociedade de infectologia do Rio de Janeiro. Uso obrigatório de máscaras em todos os espaços do teatro; Aferição de temperatura na entrada; Dispenser de álcool 70% em gel nas áreas comuns; Capacidade reduzida de público com distanciamento mínimo obrigatório; Desinfecção e limpeza de todas as áreas intensificadas.

9 visualizações0 comentário