PESSOAS PERFEITAS - Um olhar sobre os moradores anônimos da grande metrópole

Estreia a versão digital em transmissão ao vivo e online


PESSOAS PERFEITAS

PESSOAS PERFEITAS, premiada peça da Cia Os Satyros, aclamada pelo público e pela crítica, estreia a versão digital em transmissão ao vivo e online. A peça foi laureada com os Prêmios APCA de Melhor Espetáculo, Shell de Melhor Texto e Aplauso Brasil de Melhor Dramaturgia, no ano de 2014.

O espetáculo lança um olhar sobre os moradores anônimos da grande metrópole que, apesar de suas diferenças abissais, acabam se encontrando e convivendo. O medo da solidão, os desencontros familiares e a perda da identidade no anonimato da metrópole são os principais eixos do trabalho, apresentados em conflitos por esse painel de personagens.

O trabalho, primeira parte da “Trilogia das Pessoas”, deu continuidade às pesquisas sobre os moradores do centro de São Paulo. Os Satyros realizaram entrevistas, investigações “in loco” e observações que levaram ao roteiro do espetáculo.

A “Trilogia das Pessoas” é composta, ainda, pelos espetáculos "Pessoas Sublimes" (2016) e "Pessoas Brutas" (2017). PERFEITAS, considerada umas das melhores estreias de 2014, fez longas temporadas, turnês pelo Brasil e já foi adaptada para o espanhol em apresentações especiais em Cuba.

SINOPSE

Medalha (Julia Bobrow) é uma jovem mística que busca experiências espirituais. Ela vem do interior para morar no centro de São Paulo, fugindo da solidão depois da morte dos pais e sonhando com novos horizontes. Medalha frequentará a Igreja das Pessoas Perfeitas com seu novo namorado, Binho (Henrique Mello), que é garoto de programa.

Os pais de Binho, o açougueiro Robalo (Eduardo Chagas) e sua esposa Cacilda (Fernanda D'Umbra), moram na periferia de São Paulo e perderam o contato com o filho. Vivem, inútilmente, com a esperança de ter notícias dele. Robalo frequenta linhas de disque-amizade, onde conhece Sarah (Ivam Cabral).

Sarah é o codinome de Ruy, filho de dona Esperança. Ruy dedica-se diariamente a cuidar da mãe idosa, que tem Alzheimer. Mas, na madrugada, altera sua voz e faz contato com homens e mulheres através de linhas de disque-amizade.

A irmã de Ruy, Maristela (Sabrina Denobile), tinha sonhos de ser uma cantora reconhecida quando jovem. Hoje tem câncer de laringe e está fadada à morte. Trabalha como caixa em uma boate na zona central da cidade. Ainda alimenta uma paixão doentia, há mais de 20 anos, por Elder (Fábio Penna), um escritor decadente que perambula pelas madrugadas declamando seus poemas e vive à base de cocaína e uísque.

FICHA TÉCNICA

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Direção: Rodolfo García Vázquez

Elenco: Ivam Cabral, Eduardo Chagas, Fernanda D'Umbra, Henrique Mello, Julia Bobrow, Fábio Penna e Sabrina Denobile

Assistência de Direção: Gustavo Ferreira

Designer de Aparência: Adriana Vaz

Assistência de Designer de Aparência: Letícia Gomide

Operação Técnica: Flávio Duarte

Produtor: Silvio Eduardo

Assistente de Produção: Janna Julian

Secretariado e Social Media: Isabella Garcia

Designer: Henrique Mello

Fotografia: André Stefano

Administração: Rodolfo García Vázquez

Assessoria de Imprensa: JSPontes - João Pontes e Stella Stephany

ESTREIA: dia 20 de agosto de 2021 (6ªf), às 21h

INGRESSOS GRATUITOS e a R$10,00

ONDE RETIRAR E ASSISTIR: Espaço Satyros Digital – Sympla/Zoom

HORÁRIOS: Sextas e sábados, às 21h e domingos às 20h / GÊNERO: Drama / CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos / DURAÇÃO: 90 min / TEMPORADA: até 10 de outubro de 2021


6 visualizações0 comentário