Pixinguinha como Nunca - Luz e energia

O baú ainda reserva surpresas

O Centro Cultural Banco do Brasil apresenta a partir de março uma seleção de 26 obras inéditas de ninguém menos que o genial Pixinguinha, um dos músicos mais completos que o Brasil já produziu. O espetáculo Pixinguinha como Nunca ocupa o CCBB Rio de Janeiro nos dias 23 e 30 de março e 6 de abril de 2022

No dia 30 de março de 2022, haverá um bate-papo com os músicos sobre o modo composicional de Pixinguinha e como os arranjos foram pensados para tais instrumentos.

A seleção das obras inéditas que estão no programa do espetáculo segue a panorâmica de gêneros que Pixinguinha abordou. Choro, samba, polca, tango, o choro mais dolente, todo um arco com as composições dos anos 1910 até 1970.

A descoberta das inéditas é o resultado de uma cuidadosa pesquisa no acervo do compositor, encampada no ano 2000 pelo Instituto Moreira Salles, que se somou em 2017 à varredura no material em posse de outros compositores e instrumentistas. O resultado trouxe à luz mais de 50 músicas jamais gravadas – algumas, apenas tocadas em transmissões radiofônicas.

Depois de passar pelos CCBBs São Paulo (17 a 19/3) e Rio, o espetáculo Pixinguinha Como Nunca segue em turnê pelas unidades de Brasília (de 01 a 03/04) e Belo Horizonte (29 e 30/04 e 01/05).

SERVIÇO RIO DE JANEIRO:

Pixinguinha como nunca

CCBB RIO DE JANEIRO

Dias: 23, 30 de março e 6 de abril de 2022

Horário: 19h30

Bate-papo com os músicos: 30/3, às 18h

Ingressos: R$ 30,00 – inteira

R$ 15,00 – Funcionários e clientes do BB, estudante, professores da rede pública, sênior acima de 60 anos

Duração: 60min

Capacidade: 155 lugares

Classificação indicativa: livre

Local: CCBB RJ – Teatro II

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro

Acesso para portadores de necessidades especiais

FICHA TÉCNICA

Sexteto do Nunca

Henrique Cazes - cavaquinho

Marcelo Caldi - sanfona

Carlos Malta - flauta e sax

Silvério Pontes – trompete e flugelhorn

Marcos Suzano - percussão

João Camarero - violão de 7 cordas

Participação especial: Marcelo Vianna - voz

Direção artística: Marcelo Vianna

Direção musical e arranjos: Henrique Cazes

Direção executiva e Coordenação geral: Sonata Produções Artísticas / Lilian Barretto

Produção executiva: Sonja Figueiredo

Assessoria de produção: Isabelle Suarez

Programação visual e Design: Haroldo Cazes

Iluminação: Paulo César Medeiros

Som: Márcio Wenderits

Vídeo: Lipe Portinho e Daniel Soares


19 visualizações0 comentário