PODCAST “AMOR AOS 20 ANOS” - O projeto buscou ouvir personagens de diferentes origens

Inicialmente pensado para um série de televisão


AMOR AOS 20 ANOS surgiu inicialmente pensado para um série de televisão há alguns anos, mas o projeto acabou batendo na trave em alguns editais de produção. Durante este tempo, o diretor Zé Agripino manteve uma pesquisa pessoal sobre juventude e expressão de afetividade e sexualidade. E sempre achou interessante como essas questões envolvendo amor e sexo trazem muito detalhes sobre a vida e os valores das pessoas, como se através das histórias de amor fosse possível entender um pouquinho a mais sobre a sociedade. Com o boom da produção de podcast dos últimos anos, Agripino pensou em retomar o projeto neste formato e assim chegou ao projeto que está no ar agora.

A princípio AMOR AOS 20 ANOS seria realizado de forma presencial em São Paulo, com todos os personagens em estúdio junto com o diretor. Porém, com a chegada da pandemia de covid-19 o projeto foi adiado por tempo indeterminado, depois de alguns meses de espera e sem perspectiva de encontros presenciais, a equipe decidiu realizar o projeto de forma remota, encarando todas as complicações e as novas possibilidades que isso traria.

Os personagens, verdadeiros protagonistas do podcast, foram escolhidos através de diversas frentes de pesquisas: grupos de facebook, anúncios no twitter, redes pessoais da equipe e por último através de alguns pesquisadores locais de outras regiões, que chegaram no momento que AMOR AOS 20 ANOS mudou seu conceito para ser gravado online. No processo de pesquisa a equipe leu muitos relatos, e buscou pessoas que tivessem carisma na voz, que tivessem histórias que fossem de alguma forma surpreendentes ou contadas de forma que gerasse interesse do público. O projeto buscou ouvir personagens de diferentes origens e vivências socioeconômicas, de orientação sexual e identidade de gênero.





CRÉDITOS

Produção Executiva: Patricia Galucci

Pesquisa Geral e Roteiro: Babi Sonnewend e Zé Agripino

Produção das Entrevistas: Liza Schechtmann

Pesquisa Complementar de Personagens: Bruna Monteiro e Mateus Armas

Consultor Técnico para gravações : Guilherme Assis

Edição de áudio: Diego Silveira, Domenica Mendes e Mariana Leão

Trilha Sonora; Blue Dot Session

Música de Abertura: Serasa do amor de JULIO SECCHIN

Música de encerramento: você é tudo pra mim do LUCAS ESTRELA



11 visualizações0 comentário