Sede - A jornada de pessoas com sede de viver

Realidade, ficção, humor, músicas e drama


Inédita no Brasil, “Sede” é a terceira peça do autor libanês-canadense Wajdi Mouawad montada pelo ator Felipe de Carolis. Suas outras incursões no universo do premiado autor foram duas montagens de sucesso que percorreram mais de 20 cidades em turnê: Incêndios, que ficou 4 anos em cartaz, e Céus, que esteve em cartaz durante 3 anos, ambas dirigidas por Aderbal Freire-Filho.

A peça conta com humor a história de três personagens, interpretados por Felipe de Carolis, Luna Martinelli e Marcelo Várzea, em busca da representatividade de suas identidades. O texto do autor contemporâneo mais premiado da atualidade narra a jornada de pessoas com sede de viver e de provar, através de suas inquietações pessoais e artísticas, que a educação pode salvar vidas. Sede é uma crítica subjacente ao nosso modo de vida: ao neoliberalismo, ao capitalismo agressivo, mesquinho e predatório da nossa sociedade. Modo de vida esse que é capaz de separar pessoas que se amam e alimentar uma geração cada vez mais ansiosa e com o maior número de depressão entre jovens insatisfeitos de todos os tempos.

Ao misturar realidade, ficção, humor, músicas e drama, Sede é uma peça contundente, emocionante e que põe em cheque radicalismos ao proporcionar, através de sua narrativa, a certeza de que o futuro das nações está nas mãos da educação, respeito às diferenças e cultura de cada país. Com esse texto podemos voltar a ouvir a palavra singular, lúcida e engajada de Wajdi Mouawad.

Ficha Técnica

De Wajdi Mouawad

Com a colaboração de Benoit Vermeulen

Tradução de Angela Leite Lopes

Direção Geral Zé Henrique de Paula

Idealização Felipe de Carolis E_Merge

Composição Original Fernanda Maia

Direção Musical Jonatan Harold

Colaborador Cênico Júnior Docini

Elenco

Marcelo Várzea – Boon

Felipe de Carolis -Murdoch

Luna Martinelli – Noruega

Músico

Jonatan Harold– piano

Cenografia Bruno Anselmo

Figurino Zé Henrique de Paula

Desenho de Luz Fran Barros

Desenho de som João Baracho

Direção Audiovisual/ Mapping Laerte Késsimos

Preparação de atores Inês Aranha

Visagismo Dhiego Durso

Técnico/Montagem VIdeomapping Alexandre Gonzalez

Cenotécnico Fernando Brettas Estúdio

Assistente de Direção Rodrigo Caetano

Assistente de Figurino Paula Martins

Assistente de Produção E_Merge Maria Fernanda Mello

Operador de Luz e Projeção Júnior Docini

Operador de Som e Microfone Valdilho Oliveira

Contrarregra e Camareiro Renatto Valente

Coordenação de Comunicação Beth Gallo

Assessoria de Imprensa Thais Peres- Morente Forte Comunicações

Programação Visual Laerte Késsimos

Fotografia Caio Gallucci

Filmagens e Edições para Web Jady Forte

Produção Executiva Martha Lozano

Coordenação Administrativa Dani Angelotti

Assistência Administrativa Alcení Braz

Administradora Martha Lozano

Uma produção E-Merge / Quadrilha da Arte

Patrocínio Bradesco Seguros


Serviço


SEDE

TEATRO TUCARENA (288 lugares)

Rua Monte Alegre, 1024 (entrada pela Rua Bartira) – Perdizes

Bilheteria: de terça a sábado, das 14h às 20h. Domingo das 14h às 19h. Estacionamento conveniado: R$ 18 (Rua Monte Alegre, 835/ mediante apresentação do ingresso do espetáculo). Valet Estapar: R$ 30 (somente sábados e domingos)



Sexta e Sábado às 20h | Domingo às 18h

Ingressos:

Sexta R$ 60 | Sábado e Domingo R$ 70

Devida as normas de saúde usaremos 75 lugares neste período de pandemia

Duração: 100 minutos

Classificação indicativa: 16 anos

Gênero: drama

Temporada: 22 de outubro até o dia 12 de dezembro de 2021


4 visualizações0 comentário