top of page

Club Zero

Reflexões valiosas sobre a sociedade contemporânea e suas obsessões

Club Zero


Pontos positivos:


1. Atuação de Mia Wasikowska como Miss Novak: Sua interpretação deliciosamente bizarra acrescenta uma camada intrigante ao filme, mantendo os espectadores envolvidos e curiosos sobre os motivos e intenções da personagem.

2. Estética visual: A direção de Jessica Hausner é habilmente executada, lembrando o estilo de cineastas renomados como Yorgos Lanthimos e Wes Anderson. Isso contribui para a criação de uma atmosfera única e visualmente impactante.

3. Exploração de temas profundos: O filme aborda temas como o extremismo no autocuidado, distúrbios alimentares e a vulnerabilidade da juventude diante de ideias extremas. Essa exploração proporciona reflexões valiosas sobre a sociedade contemporânea e suas obsessões.


Pontos negativos:


1. Potencialmente perturbador: A representação detalhada dos distúrbios alimentares e a obsessão pela alimentação consciente podem ser profundamente perturbadores para alguns espectadores, especialmente aqueles sensíveis a esses temas.

2. Falta de equilíbrio na sátira: Embora o filme ofereça uma sátira mordaz do comportamento obsessivo em torno da dieta e da imagem corporal, pode faltar um equilíbrio adequado entre o humor e a seriedade desses temas, o que pode alienar alguns espectadores.

3. Possível falta de empatia com os personagens: A relação entre Miss Novak e seus seguidores, que se assemelha a um culto, pode tornar difícil para alguns espectadores se conectarem emocionalmente com os personagens, resultando em uma experiência cinematográfica menos envolvente para esses espectadores.


avaliação: psales e msenna






4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page